Alimentação uma preocupação de todos, diz: Leandro Soares Machado

Com o fim do Mercado Municipal, surgiu a necessidade de criar programas que atendessem a população na área de segurança alimentar e nutricional, surgindo os programas Feira Verde, Mercado da Família, Restaurante Popular e Banco de Alimentos.

Desta forma, Leandro Soares Machado, postulante ao cargo de Vereador, iniciou a sua narrativa do eixo 17º eixo do seu plano de trabalho:

Ampliação dos programas: Feira Verde, Mercado da Família, Restaurante Popular, Banco de Alimentos, apoio à agricultura familiar e comerciante locais.

“Devido a minha atuação como Presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Ponta Grossa (CONSEA/PG), vejo a necessidade de investir nesses programas, eles oferecem uma alimentação de qualidade aos mais humildes, além de fomentar a renda dos pequenos produtores.

Proponho uma integração entres produtores da agricultura familiar e comerciantes locais para que possam atender de forma plena estes programas.

Atualmente, temos um programa chamado Feira Verde que consiste na troca de recicláveis por frutas, verduras e legumes. Acontece que o volume é considerado pequeno e deve ser ampliado.

Analisar a viabilidade do funcionamento e atendimento do Mercado da Família, deve ser prioridade, após o levantamento detalhado e consulta pública, será formulado um projeto com base em dados técnicos para continuidade ou extinção, atendendo os interesses dos munícipes.

Defendo a possibilidade da redução do valor por refeição do Restaurante Popular, para que possa atender de forma plena os mais carentes. Busco junto a órgãos competentes a ampliação do programa para que atenda não somente a região central, mas que seja feito um estudo para atender a necessidade de outras regiões.

Com relação ao Banco de Alimentos, proponho a implantação de uma Central de Abastecimento para que possa atender os pequenos e médios produtores, através de um sistema que possibilite melhor distribuição de seus produtos.

A agricultura familiar, precisa de uma ação forte do Governo Municipal, aumentando a oferta de produtos, e buscando o incentivo necessário para o comércio do setor.

Temos também uma Secretaria de Industria e Comércio, e observa-se a necessidade de uma atuação de apoio aos vendedores ambulantes, pequenos comerciantes dos bairros e aos microempreendedores.

Acredito na força do associativismo para a criação de cooperativas, viabilizando alternativas de crédito aos cooperados.

Estudos apontam que, a reestruturação do CONSEA e a ampliação da participação dos produtores é a forma de estabelecermos um diálogo permanente com os interessados e assim aperfeiçoar os programas existentes.

Essas ações são importantes para o desenvolvimento social e econômico, programas locais terão total apoio e incentivo.

Os produtores e a população precisam de um Vereador de verdade para fiscalizar tudo isso.”

Conheça os 20 eixos do Plano de trabalho do candidato a vereador CLIQUE AQUI