Falta de pavimentação é uma realidade nos bairros, diz: Leandro Soares Machado

Em que pese os anúncios informados pelo Poder Executivo sobre o incentivo ao programa de pavimentação asfáltica, observa-se que pelo menos 30% (trinta porcento) dos bairros da cidade registram bom número de pedidos de tal benefício. A cidade de Ponta Grossa conta com o chamado plano comunitário de pavimentação, além, do sistema de contribuição de melhorias quando o munícipe é obrigado a fazer o pagamento sobre a obra realizada.

Ponta Grossa estaria necessitando de pelo menos mais 200 Km de pavimentação o que é impossível na atual administração.

Mais o que o Vereador pode fazer nesta questão?

Leandro Soares Machado, candidato a Vereador explana sobre o tema.

“Inicialmente, devo dizer que precisamos aferir a situação da Companhia Pontagrossense de Serviços (CPS), analisando as ações de pavimentação através da contribuição de melhorias, e ainda, convocar técnicos e pesquisadores das Universidades e/ou instituições de ensino para um eventual estudo sobre pavimentação de baixo custo.

O papel da Câmara de Vereadores precisa ser aprofundado, na ação fiscalizadora, tanto de obras realizadas como aquelas em execução.

Em meu plano de trabalho apresento:

A ampliação com revisão dos programas de pavimentação priorizando os bairros.

Está é a minha proposta que pode ser encontrada no 12º eixo de um rol de 20 (vinte) propostas, fato que dependerá da participação popular conforme já abordei nos eixos anteriores.

Lembro aqui que, na segunda metade do ano de 1970 a cidade tinha uma usina de asfalto que acabou ficando obsoleta por razões desconhecidas.

Será que não poderíamos reativar essa usina ou construir outra?

Para quem gosta de pesquisar como eu, lembro de uma antiga companhia conhecida como Companhia de Desenvolvimento de Ponta Grossa (CIDEP), que justamente pretendia incrementar um programa de baixo custo e que inclusive teria compensação financeira vendendo asfalto para outros municípios.

Talvez seja necessária uma viagem ao passado para possamos fundamentar as ações futuras, precisamos de um Vereador de verdade”.

Conheça os 20 eixos do Plano de trabalho do candidato a vereador CLIQUE AQUI