Leandro Soares Machado reconhece a importância de projetos futuros

Como será a Câmara a partir de 2021, vejamos o pensamento do candidato a Vereador, Leandro Soares Machado.

“Primeiramente os futuros detentores de Poder Legislativo deverão cumprir em grande parte a Lei Orçamentária Municipal, existe a possibilidade do encaminhamento das primeiras propostas de Lei partindo do chefe do Executivo e/ou dos Vereadores.

Eu defendo três ações que devem ser tratadas como prioridade, as quais são:

Primeira: transformar as ideias em Projetos de Lei, que serão apresentados e debatidos, buscando dinamizar o trabalho, mostrando ao povo o merecimento dos votos obtidos.

Segunda: trabalhar intensamente nas Comissões Permanentes, emitindo pareceres dentro da constitucionalidade, legalidade e mérito.

Terceira: discutir e debater em plenário, momento onde pode acontecer a retirada da matéria, o pedido de vistas, a aprovação ou rejeição.

Dentre os projetos, as pautas iniciais serão o abastecimento de água, saúde, educação, transporte, economia, reestruturação de setores do Executivo e do Legislativo, visando eficiência no serviço e redução de custos e despesas.

Observa-se que, o ato de legislar e fiscalizar poderá ser revelado também através das atividades parlamentares, ou seja, no pronunciamento da tribuna e nos debates em plenário.

Para isso vou buscar a participação popular, convidando setores interessado para opinarem sobre as propostas, construindo um amanhã de progresso em favor da nossa população, com a atuação de um Vereador de verdade”.

Conheça os 20 eixos do Plano de trabalho do candidato a vereador CLIQUE AQUI