08 setembro 2020

Eleições 2020: Eleitor com deficiência visual ouvirá nome do candidato na urna eletrônica

Foto: divulgação
Eleitores com deficiência visual poderão ouvir o nome do candidato após digitar seu número na urna eletrônica nas eleições 2020. Os aparelhos terão uma tecnologia de sintetização de voz, que transforma texto em som.

07 maio 2020

Pequeno empresário fecha restaurantes e reinventa negócio na quarentena

Guilherme Biesek, de Itapejara d'Oeste, vendeu mais
de 800 sopas durante a quarentena (crédito - Divulgação)
A quarentena ocasionada pela pandemia do Coronavírus forçou o fechamento de setores considerados não essenciais. Os restaurantes, por exemplo, foram bastante impactados. 

Em Itapejara d’Oeste, na região Sudoeste, o empresário Guilherme Biesek teve que mudar os rumos do negócio para manter o empreendimento funcionando.
 
Proprietário de dois restaurantes, ele já havia fechado um deles em dezembro de 2019. Com a Covid-19, foi forçado a fechar o segundo. Inquieto e preocupado, ele procurou formas de amenizar a crise e encontrou uma saída com a comercialização de sopas congeladas.
 
“[Após o decreto de fechamento] Fiquei sem chão. A primeira semana com o restaurante fechado foi difícil. Os custos para manter uma empresa aberta são altos, é preciso ter giro, que foi interrompido com a quarentena”, relembra Biesek. O empresário, então, passou a analisar outras alternativas para ter fluxo de caixa e voltou a pensar em um projeto de 2019, de sopas congeladas.
 
“Buscava uma ideia. As pessoas mudaram a forma de se alimentar com o isolamento social, e o inverno está chegando. Lembrei de um projeto que estava engavetado, de sopas congeladas. Sopas sem glúten, sem lactose e com vegetais orgânicos.”
 
O projeto foi retomado no dia 26 de março e, quatro dias depois, começou a produção de três tipos de sopa: agnolini, aipim com bacon e cabotiá com provolone.
 
“Em quatro semanas, vendemos 800 potes de sopa na região. A procura foi grande em outras localidades e já temos revendas em quatro municípios vizinhos. O importante foi que continuamos trabalhando e não houve demissões.”
 
As equipes, que atuavam em dois turnos, voltaram a trabalhar após a flexibilização do decreto municipal. Durante o dia, a estrutura do restaurante é utilizada para a produção e as entregas são feitas à noite.
 
Novos produtos
Além de enfrentar a turbulência causada pela Covid-19, Biesek visualiza o cenário pós-pandemia. Ele já prepara uma linha de congelados com pratos italianos e tem contado com consultorias do Sebrae/PR para planejar a produção. “Temos oito produtos congelados e testados, só aguardando a certificação e rotulagem para a comercialização. Novas sopas estão em teste, também”, completa Biesek.
 
Alyne Chicocki, consultora do Sebrae/PR, trabalhou com Biesek no realinhamento da empresa. Após uma reunião on-line, começou o estudo para verificar a viabilidade financeira do novo modelo.
 
“Trabalhamos com consultorias em finanças, precificação e negociação. Novos cenários surgiram em função da análise que fizemos em conjunto, como a abertura de mercados em municípios vizinhos, pois o empresário tinha informações seguras para traçar sua estratégia de atuação”, detalha Alyne.
 
Futuro
Uma das decisões já está tomada, segundo Biesek. Quando a pandemia acabar, o restaurante não voltará a servir almoços, só atenderá à noite.
 
“Já fui procurado por uma rede de supermercados. O trabalho com o Sebrae está sendo muito positivo, abrindo os horizontes com ideias. Agora, queremos um mercado maior”, diz. Biesek também leva muito aprendizado com a experiência. “Todos os empresários são capazes, mas muitos deixam-se levar pelo desespero. E a desistência se torna a opção mais fácil.”


Via SEBRAE/PR

06 maio 2020

Carteira do Autista já pode ser solicitada em todo Paraná


A partir desta quarta-feira (06) todos os paranaenses com Transtorno do Espectro Autista podem solicitar gratuitamente, pela internet, a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea).

O documento será digital, com possibilidade de impressão pelo próprio usuário ou responsável, e facilitará a identificação e a prioridade no atendimento em serviços públicos e privados.

A carteira foi apresentada pelo secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Ney Leprevost, e pelo presidente da Celepar, Leandro Moura, nesta quarta-feira (06), no Palácio das Araucárias, em Curitiba.

“É definitiva e permanente a necessidade de incluir o autista na sociedade. Muitas vezes ele não tem como comprovar essa sua característica do espectro, então o grande benefício deste documento é poder identificar, evitando assim o preconceito ou interpretações equivocadas sobre quem é aquela pessoa”, explicou o secretário Ney Leprevost.

Para solicitar o documento, basta acessar o site www.carteiradoautista.pr.gov.br e fazer o cadastro. 

O programa para cadastramento e criação do banco de dados foi coordenado pelo Departamento da Política para Pessoa com Deficiência e pela Assessoria de Inovação da Sejuf, com desenvolvimento da Celepar.

“O cidadão vai poder entrar pelo portal e preencher todos os dados, a partir daí será gerada uma carteira digital. As informações coletadas serão empregadas na criação de um banco de dados que servirá para aprimorar os serviços já oferecidos. A pessoa também poderá imprimir a carteirinha, que vai conter um QRCode com todos os dados”, afirmou o presidente da Celepar, Leandro Moura.

Com o documento, cidadãos com espectro autista passam a ter prioridade no atendimento em serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social. No caso dos particulares, isso inclui supermercados, bancos, farmácias, bares, restaurantes e lojas em geral.

Segundo o chefe do Departamento da Política para Pessoa com Deficiência da Sejuf, Felipe Braga Cortes, essa é uma demanda antiga de vários municípios, e com a provação da Lei Romeo Mion e a sanção do Governo Federal o Paraná saiu na frente, pois a carteirinha garante inclusão e facilidade de impressão, dando condições dessas pessoas, famílias, mães de autistas, facilidade de identificação na hora de qualquer atendimento nas diversas áreas”.

O assessor de Inovação da Sejuf, André Telles, disse que a carteira do autista é mais uma prova de que é possível viabilizar de forma rápida muitas ações que antes demoravam muito tempo, por conta da burocracia.

“ROMEO MION” - A emissão da Carteira do Autista pelo Governo do Paraná atende à lei federal nº 13.977/2019, publicada em 9 de janeiro no Diário Oficial da União. A lei foi originada por projeto de autoria da deputada Federal Rejane Dias, aprovado pelo Congresso Nacional em 11 de dezembro passado. Já na tramitação, a proposta ficou conhecida como Romeo Mion, que é autista e filho de Marcos Mion, um dos principais entusiastas da medida.

Informações: cpdc@sejuf.pr.gov.br - 41 3210-2430.

Igrejas abrem a partir de domingo em Ponta Grossa

Foto: divulgação/aRede
A Edição Complementar do Diário Oficial do Município de Ponta Grossa, publicado na noite desta quarta-feira (6), traz novos decretos e ações de controle contra o coronavírus em Ponta Grossa. 

A principal medida tomada foi em relação ao funcionamento das igrejas, templos e locais de culto de quaisquer denominação religiosas. O prazo valerá a partir do próximo domingo (10 de maio).

Segundo determinação do Executivo Municipal, através do Decreto nº 17.293, as igrejas precisam cumprir alguns protocolos de segurança sanitária como: ‘ocupação máxima de 30% da capacidade de público no espaço’; ‘não pode ser admitida a entrada de pessoas integrantes do grupo de risco como pessoas acima de 60 anos, diabéticos, hipertensos e cardiopatas’; ‘os bancos e demais locais de assento deverão ser ocupados sempre em fileiras alternadas, com barreiras físicas à ocupação sequencial’.

O decreto continua com ‘todos os fiéis presentes devem fazer uso de máscaras de contenção’, assim como os celebrantes, ou não usando o acessório ao manter três metros de distância ao público. Uso de álcool em gel nas mãos de todos os frequentadores é obrigatório, com portas e janelas abertas para circular o ar.

Contato físico, distância superior a 1,5 metro entre as pessoas, proibição de menores de 18 anos, impedimento do uso de folhetos e materiais de possível compartilhamento, controle do fluxo de entrada e saída de pessoas, higienização das áreas e celebrações que não superem uma hora também constam e são destaques do decreto. 

Fonte: aRede

05 maio 2020

Dia 05 de maio Dia Nacional do Expedicionário

Oficial da FEB Alcidio Soares
Hoje 05 de maio, Dia Nacional do Expedicionário, dia de celebrarmos a memória de um herói de guerra, meu avô 1º Tenente, Alcidio Soares, oficial da arma de Infantaria.

Ele que em sua carreira militar, serviu na Força Expedicionária Brasileira - FEB, onde foi para conflito da Segunda Guerra Mundial, representando o povo Brasileiro na Itália em 1945. 

Hoje ele estaria com 100 anos, deixou um legado para nossa família de honra, moral e virtude.
Leândro Soares Machado e Alcidio Soares
Essa foto foi em uma de suas visitas ao batalhão onde fomos militar, 13º Batalhão de Infantaria Blindado - 13º BIB Batalhão Tristão de Alencar Araripe.

20 abril 2020

Educação de Ponta Grossa leva aulas para a TV

A partir de hoje (20) os alunos das escolas públicas municipais e da região tiveram acesso pela televisão aberta a conteúdos produzidos diretamente pelas professoras e professores da Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa.

A SME estreou, hoje às 9 horas, o programa Vem Aprender, que foi ao ar na TV Educativa de Ponta Grossa – afiliada à TV Cultura e mantida pelo município.

O programa diário terá duração de uma hora, com apresentação às 9 horas e reprise às 14h. Diariamente serão apresentados conteúdos curriculares adaptados para a linguagem da televisão, direcionados para os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental – até o quinto ano, com idade de até 10 anos. Cada aula terá duração de até 20 minutos dentro do programa, que irá ao ar de segunda a sexta-feira e ficará disponível nas redes sociais da Prefeitura de Ponta Grossa e da Secretaria Municipal de Educação. Somente o município atende, atualmente, 32 mil alunos nesta faixa de idade.
O primeiro episódio vai trazer aulas de Ciências da Natureza, Literatura, Musicalização e Educação Física. Todas as aulas estão sendo gravadas pelos professores do quadro da SME no estúdio da TV Educativa, com apoio pedagógico dos profissionais da Educação da Prefeitura. O suporte técnico é da TVE e a adaptação do formato e linguagem das aulas recebe o suporte da Comunicação da SME. Ao longo da semana serão também exibidas aulas de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Humanas e Artes, entre outras.

Conforme a pasta da Educação, os conteúdos ministrados não vão compor horas-aula, ou seja, não serão usadas para substituir as aulas presenciais. Para a secretária de Educação, professora Esméria Saveli, a transmissão das aulas pela TV Educativa serão uma forma de manter o vínculo dos alunos com a escola e com os estudos. “A nossa escola é formada pelo acesso aos estudos e pelo processo de aprendizagem, mas também por um laço de afetividade muito forte existente entre alunos, professores, outros funcionários e o espaço da escola. Com estas aulas, nós buscamos manter parte disso tudo. Não temos a pretensão de substituir as aulas presenciais pelas virtuais, mas sim de incentivar as crianças a permanecerem focadas nos estudos”, aponta Esméria.

Proposta
A proposta da SME difere do conceito de Educação à Distância adotado por outras redes de ensino durante a pandemia de Covid-19, que buscam cumprir as horas-aula usando o suporte midiático. “Optamos por chegar ao nosso aluno com uma linguagem o mais próxima possível daquela que ele tem na escola, de maneira lúdica, para que no momento de retornar, ele esteja preparado para retomar as aulas presenciais”, anota a secretária. Em apoio aos alunos, serão disponibilizadas atividades para os alunos no site sme.pontagrossa.pr.gov.br.

Segundo a SME, a composição do calendário escolar e a forma de cumprimento das horas-aula previstas para o ano letivo de 2020 serão apresentadas aos pais e aos alunos assim que a data de retorno estiver definida, respeitando a decisão das autoridades sanitárias em relação ao risco de contágio da COVID-19.

Serviços de Saúde em Ponta Grossa semana do dia (20)

Foto: divulgação
A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Fundação Municipal de Saúde de Ponta Grossa (FMS), informa que trabalhará com uma escala especial de funcionamento até a quarta-feira (22), por conta do feriado nacional de Tiradentes (21). 

As estruturas que atendem casos emergenciais, como o Hospital da Criança João Vargas de Oliveira, o Hospital Municipal Amadeu Puppi, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Paula e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) continuarão funcionando normalmente, sem interrupções.

Segunda-feira (20) e terça-feira (21) não haverá atendimento ao público nas UBS.

As consultas e demais serviços retornarão na quarta-feira (22), após o feriado.